Violência doméstica: Cassiane lança nova versão do clipe ‘A Voz’ e diz que ‘houve falha’

Cassiane se envolveu numa polêmica desde o lançamento de sua nova música, A Voz, que ganhou um clipe no YouTube no último dia 17 de julho e trazia abordagem questionável envolvendo a violência doméstica. Nas redes sociais, a repercussão imediata veio com acusações à cantora pentecostal, que se desculpou pela mensagem equivocada.

Em resumo, o clipe mostrava uma mulher sendo agredida pelo marido, alcoólatra, e ao final, a personagem deixava um bilhete dentro de uma Bíblia aconselhando o companheiro: “Reconheça a voz de Deus”. O encerramento do vídeo mostrava a mulher com marcas de agressão no rosto na companhia do marido.

O público que assistiu ao clipe original se incomodou com a falta de referência à denúncia de casos de violência doméstica na Central de Atendimento à Mulher (180), e passou a reprovar o conteúdo através do botão de deslike no YouTube. Ao todo, mais de 90 mil reações negativas haviam sido contabilizadas.

A cantora veio a público pedir desculpas pelo erro em não inserir as informações sobre os recursos contra a violência doméstica e afirmou que o clipe seria alterado. Na nova versão, entre o bilhete e a fuga, a mulher liga para o 180. O marido é abordado por policiais em um bar e preso. O clipe segue o rumo de maneira idêntica ao primeiro após a nova cena: depois de deixar a prisão, ele encontra o bilhete deixado pela esposa, se redime e a reencontra. Ao final, a menção ao 180 é reforçada.

Em seu Instagram, Cassiane desabafou: “Se me conhecessem ou pelo menos respeitassem minha história (de 39 anos dando frutos), com amor falariam: ‘Cassiane, seria bom colocar a informação da denúncia no clipe’. É um assunto extremamente real. Mas não é isso que está acontecendo! Recebi vários ataques e julgamentos terríveis de pessoas que dizem ‘pregar o amor’ mas são tão insensíveis que não pararam um instante se quer para ver o histórico, para saber se foi proposital ou um erro, uma falha. Deus me conhece… E sabe que sou a favor da denúncia”.

Sem deixar de enfatizar que acredita na transformação do ser humano pela mensagem da Bíblia, a cantora reiterou que defende o uso dos meios legais para interromper um ciclo de violência: “Nunca falaria para qualquer pessoa para não denunciar e viver sob agressão! Inclusive, ousadamente incentivamos no clipe a vítima mesmo guiada pela fé, a romper essa história e mudar de postura. Os inimigos de Deus, não creem que Deus pode sim, fazer esse milagre, e transformar qualquer pessoa. Eu creio e vou crer até o fim!”.

O vídeo original superou a casa das 700 mil visualizações, e o novo já conta com mais de 180 mil acessos até o fechamento desta matéria, com 14 mil curtidas e 12 mil deslikes.

Assista ao novo clipe:

 
 

Fonte Gospel Mais.
Aílson Garcia
Administrador em Ajduk's
Sou Ailson Garcia. Tenho 41 anos e sou o criador do portal gospel Ajduk's. Também sou locutor da rádio Ajduk's, editor do portal, fotógrafo, técnico de som e administrador direto da rádio. Sou casado com Andreia Garcia e moramos em Tupã desde 1988. Desde 2000 sou cristão dedicado a levar a palavra de Deus para o mundo. Tenho prazer em fazer a obra de Deus e através deste ministério alcançar vidas em todo o mundo com a ajuda da internet.
Aílson Garcia on EmailAílson Garcia on FacebookAílson Garcia on InstagramAílson Garcia on TwitterAílson Garcia on Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: