Benny Hinn declara que abandonou a teologia da prosperidade: “Espírito Santo está farto disso”

Benny Hinn, televangelista neopentecostal mundialmente famoso, parece ter feito uma reflexão a partir das críticas que recebe há anos e afirmou que “o Espírito Santo está farto” de sua pregação da teologia da prosperidade.

O pregador, que é próximo a pastores brasileiros que pregam a mesma mensagem de enriquecimento material, se tornou multimilionário pregando que os cristãos têm direito a bênçãos de saúde e riqueza e podem alcançá-las a partir de ofertar generosas – geralmente referidas como “semeadura” – e confissões positivas.

Falando com seus seguidores durante uma live no Facebook na segunda-feira à noite, Benny Hinn declarou que o Evangelho “não está à venda”, segundo informações do portal The Christian Post.

“Lamento dizer que a prosperidade ficou um pouco louca e estou corrigindo minha própria teologia e todos vocês precisam saber disso. Porque quando eu leio a Bíblia agora, não vejo a Bíblia com os mesmos olhos que vi há 20 anos”, disse o televangelista.

“Acho que é uma ofensa ao Senhor, é uma ofensa pedir US$ 1 mil de doação. Eu acho que é uma ofensa ao Espírito Santo colocar um preço no Evangelho. Para mim chega. Nunca mais vou pedir para você dar US$ 1.000 ou qualquer quantia, porque acho que o Espírito Santo está farto disso. Você me ouviu?”, acrescentou Benny Hinn.

O público que acompanhava a transmissão reagiu com euforia. “Acho que isso prejudica o Evangelho, por isso estou fazendo essa afirmação pela primeira vez na minha vida e, francamente, não me importo mais com o que as pessoas pensam de mim”, continuou o pregador.

“Quando eles me convidam para o Teleton, acho que não vão mais gostar de mim. Porque quando você olhar para a palavra de Deus… se eu ouvir mais uma vez, quebrar o ciclo de endividamento com US$ 1.000 de doação, eu vou repreendê-los. Eu acho que está comprando o Evangelho. Isso é comprar a bênção. Isso está entristecendo o Espírito Santo. […] Se você não está dando porque ama a Jesus, não se incomode em dar”, argumentou. “Eu acho que dar se tornou um truque; está me deixando mal do estômago”.

A rejeição total de Hinn à teologia da prosperidade ocorre apenas dois meses depois que seu sobrinho, Costi Hinn, revelou em seu novo livroGod, Greed, and the (Prosperity) Gospel: How Truth Overwhelms a Life Built on Lies, como sua família explorou milhões ao redor o mundo com a mensagem de prosperidade e frequentemente trocava os chamados milagres por dinheiro.

“Dar a Deus era o segredo para desbloquear seus sonhos”, escreveu Costi Hinn. “Era o segredo das promoções de emprego. Foi o acesso à nossa conta bancária divina. Meu tio costumava contar a história de como ele se endividou usando esse sistema de crenças. Seu sogro havia lhe dito que, para estar livre de dívidas, ele precisava pagar a Deus. Benny explicou que uma vez que ele começou a esvaziar sua conta bancária e a doar dinheiro para o ministério, o dinheiro começou a aparecer em todos os lugares!”, narrou o sobrinho do pregador, que também é pastor.

Em 2018, Benny Hinn admitiu que, à medida que envelhecia e passava a entender mais a Bíblia, percebeu que algumas das coisas que aprendeu com os pregadores quando era jovem não são bíblicas, incluindo a teologia da prosperidade.

“Quanto mais você conhece a Bíblia, mais se torna biblicamente embasado e mais equilibrado em suas opiniões e pensamentos, porque somos influenciáveis. Quando eu era mais jovem, fui influenciado pelos pregadores que ensinavam tudo o que ensinavam. Mas, como vivi mais, estou pensando ‘espere um minuto, você sabe que isso não se encaixa totalmente na Bíblia e não se encaixa com a realidade’. Então, o que é prosperidade? Sem falta. Eu já disse isso antes”, disse Hinn.

Na mesma ocasião, ele elaborou seu raciocínio sobre o que ele acredita que o conceito de “nenhuma falta” deve ser interpretado: “Elias, o profeta, tinha carro? Não. Nem sequer tinha uma bicicleta. Ele não tinha faltas. […] Jesus dirigia um carro ou morava em uma mansão? Não. Ele não tinha falta. E os apóstolos? Nenhum entre eles tinha faltas. Hoje, a ideia é abundância e casas palacianas, carros e contas bancárias. O foco está errado… é muito errado”.

Em seguida, Benny Hinn afirmou que, apesar de ter sido acusado de viver em ostentação, pilotando jatos particulares no passado, não é assim que ele vive atualmente: “Quero dizer, me perdoe. As pessoas me acusaram de coisas que nem são reais. Um cara escreveu um comentário: ‘Oh, ele vale US$ 40 milhões’. Oh, como eu desejo. Eu daria tudo ao Reino diante do Deus Todo-Poderoso. ‘Bem, ele voa em jatos particulares’. Não, não conheço. Não tenho voado em particular, querido Deus, anos. Viajo comercial como qualquer outra pessoa”, declarou.

 

 

Fonte Gospel Mais.

Aílson Garcia
Administrador em Ajduk's
Sou Ailson Garcia. Tenho 41 anos e sou o criador do portal gospel Ajduk's. Também sou locutor da rádio Ajduk's, editor do portal, fotógrafo, técnico de som e administrador direto da rádio. Sou casado com Andreia Garcia e moramos em Tupã desde 1988. Desde 2000 sou cristão dedicado a levar a palavra de Deus para o mundo. Tenho prazer em fazer a obra de Deus e através deste ministério alcançar vidas em todo o mundo com a ajuda da internet.
Aílson Garcia on EmailAílson Garcia on FacebookAílson Garcia on InstagramAílson Garcia on TwitterAílson Garcia on Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: