Daniel Mastral relata detalhes do suicídio do filho adolescente após luta contra a depressão

O escritor Daniel Mastral compartilhou nas redes sociais a notícia do suicídio de seu filho, Mikhael, após meses de luta contra a depressão. O adolescente de 15 anos tirou a própria vida em uma plataforma de trem no último sábado, 22 de dezembro.

Mastral, que é autor de livros como Filho do FogoGuerreiros da Luz e Voz que Clama no Deserto, dentre outros, vinha compartilhando em seu canal no YouTube detalhes da luta que ele e sua esposa enfrentavam para ajudar o filho, que já havia tentado o suicídio anteriormente.

“A ordem natural da vida se alterou! Nenhum pai ou mãe gostaria de passar por isso, nunca! Não há palavras para mensurar a dor de todos neste momento. Fizemos tudo que podíamos. Mas, nosso Mikhael foi morar na Jerusalém Celestial, na Morada Eterna, onde não há mais dor e nem sofrimentos. E um dia estaremos juntos! Te amaremos para sempre 15/02/2003 – 22/12/2018”, escreveu Mastral.

Mikhael vinha recebendo acompanhamento profissional, incluindo medicação antidepressiva, e já havia inclusive ficado internado em uma clínica durante 22 dias. No dia 25 de setembro, Daniel Mastral usou seu canal para compartilhar detalhes da luta e disse que ele e a esposa estavam sob medicação para suportar a fase, e que todos eles precisavam das orações.

Daniel Mastral contou que na manhã do dia 22, ele não viu o filho ao acordar e notou que o menino havia saído sem documentos e sem o celular. Imediatamente, tomado por preocupação, o escritor saiu à procura do filho sem falar nada à esposa. Em contato com parentes, saiu à busca do filho com ajuda de familiares em uma área de mata existente próximo à sua casa, mas não o acharam.

Horas depois, usando o Facebook de Mikhael, Mastral informou o desaparecimento do filho e pediu informações aos amigos dele. Um irmão que é policial ajudou o escritor a registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.) e da delegacia foram para um hospital onde havia o relato de uma pessoa que havia sido atendida no setor de psiquiatria por ter testemunhado um suicídio horas antes na plataforma de uma estação de trem.

De lá, eles partiram para o Instituto Médico Legal (IML), onde Mastral reconheceu o corpo do filho. Chocado, o escritor contou que desejou cremar o corpo do filho para livrar-se logo da dor, mas não foi possível porque em casos de suicídio o sepultamento é obrigatório. O corpo do menino foi colocado em caixão lacrado e enterrado no dia 23 de dezembro, domingo.

Na última terça-feira, 25 de dezembro, Daniel Mastral publicou mais um vídeo revelando mais detalhes do esforço que ele e sua esposa fizeram na busca por ajudar o filho a superar a doença. Alguns dos gatilhos que o casal enxergou foram a tentativa de suicídio de uma amiga de Mikhael, meses antes, e a morte de uma gata de estimação.

Durante os exames médicos solicitados pelo psiquiatra, Mikhael apresentou condições intelectuais intactas, acima da média, segundo o relato de Daniel Mastral, que contou ainda que o filho se sentia pressionado pelo fato de ser filho de um escritor e palestrante, e de uma médica.

“Existem registros que ele escreveu muito bem, escreveu frases que eu não teria capacidade de formular e que rementem à profundidade da dor de quem passa por uma situação como essa ou de quem chega a pensar em suicídio. Eu creio que isso é um dos legados que ele vai deixar, é uma das sementes que ele está deixando na terra. Nós vamos traduzir para o português e eu vou lançar um livro em homenagem a ele”, comentou Daniel Mastral.

Sobre o suicídio, o escritor disse que não há, humanamente, como fazer julgamentos, e citou o caso de Sansão, que figura na lista dos heróis da fé na Bíblia Sagrada e morreu num ato suicida, quando derrubou o salão em que os filisteus celebravam, matando um enorme número de inimigos.

Solidariedade

O teólogo e advogado Mariel Marley Marra, um dos críticos do trabalho de Daniel Mastral no âmbito teológico, lamentou o momento que o escritor, sua esposa e família estão vivendo. “Deixemos nossas divergências de lado e vamos apoiar essa família com nossas orações e palavras de conforto, sabendo que quando a fé vence as provações, ela produz perseverança conforte diz Tiago 1:3”, afirmou, em depoimento ao Gospel+.

Confira, nos vídeos abaixo, os relatos de Daniel Mastral sobre a luta do filho contra a depressão e o trágico desfecho:

 

Fonte Gospel Mais.

Aílson Garcia
Administrador em Ajduk's
Sou Ailson Garcia. Tenho 41 anos e sou o criador do portal gospel Ajduk's. Também sou locutor da rádio Ajduk's, editor do portal, fotógrafo, técnico de som e administrador direto da rádio. Sou casado com Andreia Garcia e moramos em Tupã desde 1988. Desde 2000 sou cristão dedicado a levar a palavra de Deus para o mundo. Tenho prazer em fazer a obra de Deus e através deste ministério alcançar vidas em todo o mundo com a ajuda da internet.
Aílson Garcia on EmailAílson Garcia on FacebookAílson Garcia on InstagramAílson Garcia on TwitterAílson Garcia on Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: