O Facebook agora tem Chave de Segurança; entenda

Facebook anunciou  uma nova forma de deixar o perfil de seus usuários mais protegidos: um token físico. Lançada em 2014 pelo Google em parceria com a Yubico, a chave de segurança faz a autenticação de dois fatores antes de entrar em uma conta. Ou seja, só após plugar o dispositivo na entrada USB do PC, ou aproximá-lo de um celular e tablet Android com NFC, é que o acesso é liberado. Segundo a rede social, o token também oferece proteção contra phishing, já que o “pendrive inteligente” libera uma prova criptografada ao computador para confirmar que a chave está conectada.

 

2UF

Desde seu lançamento, a tecnologia 2uF (Universal Second Factor), que compõe a chave de segurança agora utilizada pelo Facebook, é usada para dobrar a segurança em serviços online como GmailDropbox e GitHub, além do governo do Reino Unido. O acessório dispensa o uso de autenticação por SMS, por exemplo, método que pode demorar minutos para fazer a segunda verificação antes de completar um login.

 

A opção para usar a chave no Facebook já está disponível para todos os usuários. Antes de registrar o dispositivo é preciso ter os navegadores Chrome ou Opera com as versões mais recentes instaladas no PC.

No caso de celulares e tablets, por enquanto a proteção só funciona em aparelhos Android com tecnologia NFC que tenham Chrome e Google Authenticator . A verificação é feita por aproximação do aparelho com o token e, segundo a rede social, o funcionamento em aplicativos já está sendo desenvolvido.

As chaves com 2uF chegam ao Brasil após uma compra online no site da fabricante, mas, por enquanto, com um preço salgado. O modelo mais simples, que funciona apenas via USB, custa US$ 18 (cerca de R$ 57) na loja virtual da Yubico.

Já o mais avançado, com NFC para smartphones e tablets, está à venda por US$ 50 (aproximadamente R$ 159).

 

Por conta do preço e da proteção avançada, a chave de autenticação para a rede social de Mark Zuckerberg por enquanto pode ser útil para usuários que precisam de total segurança na rede social, como administradores de grandes páginas e celebridades, que muitas vezes sofrem tentativas de ataques.

Para os usuários comuns, resta aguardar a chegada da tecnologia por um valor mais baixo, o que pode se tornar realidade com o aumento na adoção do serviço. As verificações por SMS e códigos de recuperação na rede social continuam funcionando normalmente.

Fonte Techtudo

 

Pedro Atanasov
Colunista em Ajduk's
Sou entusiasta de tecnologia e proprietário da Web Localiza, empresa que comercializa rastreadores veiculares na cidade de Tupã.

Venha conhecer a Web Localiza:
Rua Botocudos, 1745 - Centro - Tupã/SP
Fones (14) 3441-3635, (14) 99796-1963 e (14) 99601-5701
Pedro Atanasov on Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: