Igreja Universal é acusada de obrigar pastores a fazer vasectomia

Ex-pastor ganhou R$ 150 mil na justiça por “danos morais” após ser agredido por líderes;

Igreja Universal é acusada de obrigar pastores a fazer vasectomia Portal Ajduks noticias (2)
IURD é acusada de obrigar pastores a fazer vasectomia

O Ministério Público do Trabalho (MPT) de São Paulo condenou a Igreja Universal do Reino de Deus a indenizar com R$ 150 mil por “danos morais”, um ex-pastor. Ele prestou queixa às autoridades após ter sua casa invadida por três pessoas.

Afirmou que toda sua família foi agredida e expulsos da casa onde moravam. Líderes da IURD local o acusavam de apropriação indevida de valores, algo que não pôde ser comprovado.

O pastor diz ainda que foi obrigado a fazer cirurgia de vasectomia como condição para exercer o ministério na IURD.

De acordo com a Folha de SP, a ação indenizatória foi julgada parcialmente procedente e a Universal recorreu. No julgamento do recurso, o desembargador Erickson Gavazza Marques declarou que havia “elementos que comprovavam a prática de atos ilícitos” e manteve a condenação. Contudo, reduziu consideravelmente o valor pedido originalmente pela família, que era de R$ 500 mil de cada autor.

Em seu despacho, escreveu: “Restando demonstradas nos autos as injustas agressões praticadas pelos prepostos da requerida (Universal), bem como a imposição de vasectomia a seus pastores, presentes estão os elementos essenciais da obrigação de indenizar, sendo que o desfecho da presente ação não poderia ser outro, senão o acolhimento do pedido de reparação pela ofensa moral experimentada pelos autores”.

Gavazza Marques encaminhou os autos ao procurador-geral de Justiça. Pede que seja apurada a eventual prática de ‘esterilização generalizada’ por parte da igreja.

Igreja nega prática de esterilização

O MPT propôs que a Universal assinasse um compromisso de interromper tal exigência. Seus advogados se recusaram, afirmando que ela não existe. “A acusação é desmentida facilmente pelo fato público e notório de que grande parte de nossos bispos e pastores têm filhos”, declarou a Universal em nota oficial. Esclarece que “planejamento familiar é um tema que deve ser debatido exclusivamente pelo casal e a instituição não interfere na questão”.

Em audiência, a igreja reconhece haver dez processos contra ela. Mas lembra que possui cerca de 10 mil pastores. Embora afirme que filhos dificultam o trabalho das lideranças de “propagar o evangelho pelo mundo”, a decisão de tê-los ou não é livre.

A unidade do MPT da cidade de Osasco procura reunir provas para entrar com uma ação civil pública contra a instituição. Ainda corre no Ministério Público do Estado de SP uma apuração na área criminal sobre as denúncias.

 

Fonte Gospel Prime

Aílson Garcia
Administrador em Ajduk's
Sou Ailson Garcia. Tenho 41 anos e sou o criador do portal gospel Ajduk's. Também sou locutor da rádio Ajduk's, editor do portal, fotógrafo, técnico de som e administrador direto da rádio. Sou casado com Andreia Garcia e moramos em Tupã desde 1988. Desde 2000 sou cristão dedicado a levar a palavra de Deus para o mundo. Tenho prazer em fazer a obra de Deus e através deste ministério alcançar vidas em todo o mundo com a ajuda da internet.
Aílson Garcia on EmailAílson Garcia on FacebookAílson Garcia on InstagramAílson Garcia on TwitterAílson Garcia on Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: